PambazukaAtravés das vozes dos povos da África e do Sul global, Pambazuka Press e Pambazuka News disseminam análises e debates sobre a luta por liberdade e justiça.

Assine

Assinar gratuitamente!



Doações

Monitor da União Africana

Este site foi criado por Fahamu para fornecer um feedback freqüente às organizações da sociedade civil africana sobre o que está acontecendo na União Africana.

    Taxas para vagas de publicidade no Pambazuka News

    As taxas mostradas abaixo são para um anúncio de quatro semanas no ar

    Banda A - Entidades de caridade, ONGS e Organizações sem-fins lucrativos com um movimento de caixa menor de $200,000: $50.00
    Banda B - Entidades de caridade, ONGS e Organizações sem-fins lucrativos com um caixa entre $200,000 - $1,000,000: $150.00
    Banda C - Entidades de caridade, ONGS e Organizações sem-fins lucrativos com um caixa maior que $1,000,000: $350.00
    Banda D - Empresas do governo ou do setor privado: $500.00

    Para postar um anúncio, mande um e-mail para: info [at] fahamu [dot] org.

    Estamos dispostos dispensar das taxas as organizações sem-fins lucrativos da África com um orçamento limitado.

    Pambazuka Press

    Food Rebellions! Food Rebellions! Crisis and the hunger for justice Eric Holt-Giménez & Raj Patel.

    Food Rebellions! takes a deep look at the world food crisis and its impact on the global South and under-served communities in the industrial North. While most governments and multilateral organisations offer short-term solutions based on proximate causes, authors Eric Holt-Giménez and Raj Patel unpack the planet's environmentally and economically vulnerable food systems to reveal the root causes of the crisis.

    Visit Pambazuka Press

    Faça Doação Para Ajudar Ao Pambazuka Continuar!

    Ajude-nos a garantir que os assinntes do Pambazuka News o receba gratuitamente: cada $5.00 ajuda a garantir a assinatura por um ano. Por isso, doe generosamente para que o melhor newsletter africano para justiça social chegue onde ele é necessário.

    Creative Commons License
    © A menos que indicado, todo material está licenciado sob o título Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Unported.

    Artigos Principais

    RSS Feed

    Mulheres, política e (in)visibilidades. Porquê apoiar a Mulher na esfera pública?

    Carla Carvalho*

    2016-02-05, Edição 90


    cc MG
    Numa época em que se aproxima a realização de eleições em Cabo Verde e que uma mulher se apresenta como candidata a chefe do executivo, é necessário debater seriamente sobre a relevância de confiar tarefas de liderança às mulheres. Infelizmente, um dos várias questionamentos que se levantam para desacreditar a capacidade da mulher em ocupar cargos de liderança política é a questão da competência. No entanto, esta mesma equação quase nunca é aplicada quando quem precisa de apoio é um homem. É uma série de estereótipos estruturais infundados para perpetuar a invisibilidade da mulher na participação política e nos cargos de decisão. As mulheres devem ser apoiadas e encorajadas precisamente por serem mulheres.

    Alguns elementos para entender a conjuntura do Haiti

    Chavannes Jean Baptiste* | Tradução: Wálmaro Paz

    2016-02-05, Edição 90


    cc BD
    O Haiti vive sob uma crise geral crônica. Porém a situação se agravou os último anos, principalmente depois da chegada ao poder do governo Martelly.

    Angola: Crónica de um Crime Anunciado - esposo de Isabel dos Santos no latifúndio

    Maka Angola

    2016-02-05, Edição 90


    cc MG
    O jornalista e activista Rafael Marques apresentou uma queixa-crime contra Sindika Dokolo, esposo de Isabel dos Santos, filha do presidente de Angola. Dokolo é acusado de adquirir vastas extensões de terra para fundar uma pequena cidade, em cumplicidade com grandes chefias locais.

    Angola: O Plano "B" do Regime para a Saída da Crise

    Rui Verde*` | Maka Angola

    2016-02-05, Edição 90


    cc MG
    Foi finalmente anunciado, com grande alarido e muitos ministros na televisão, o plano para sair da crise angolana. Ora, para falarmos sobre ele, precisamos de, por momentos, imaginar que a crise não foi em larga medida resultado da rapina e da incompetência dos dirigentes, e que se trata de um mero assunto económico. Com este exercício de suposições em mente, analisemos as medidas propostas, segundo os vectores anunciados.

    Guiné Bissau: Governo ameaça reprimir qualquer tentativa de violência para desestabilizar país

    PNN Portuguese News Network

    2016-02-05, Edição 90


    cc BD
    O Governo guineense advertiu esta segunda-feira, 1 de Fevereiro, que qualquer tentativa de utilizar a violência para desestabilizar o país será “devida e oportunamente reprimida”.

    BAD financia projectos em Moçambique e Malawi

    Jornal Notícias

    2016-02-05, Edição 90


    cc JN
    O BANCO Africano de Desenvolvimento (BAD) acaba de aprovar um empréstimo a longo prazo no valor de trezentos milhões de dólares para financiar parte do custo do projecto ferroviário e do Porto de Nacala em Moçambique, que Malawi é beneficiário.

    São Tomé e Príncipe: PM decide em breve sobre o pedido de demissão do ministro da Justiça e Direitos Humanos

    STP-Press

    2016-02-05, Edição 90


    cc SP
    O Primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe acaba de reagir ao pedido de demissão do ministro da Justiça e Direitos Humanos, Roberto Raposo, no âmbito das declarações consideradas alegadamente injuriosas e inapropriadas contra juízes e os Tribunais no País.

    Tunísia: Cinco anos após dar início à Primavera Árabe, ativismo jovem segue em ebulição

    Sandro Fernandes

    Tunisia - Cinco anos apos dar inicio a Primavera Arabe, ativismo jovem segue em ebulicaoo (Sandro Fernandes _ Opera Mundi)

    2016-01-22, Edição 89


    cc PA
    Cinco anos depois que o então presidente Ben Ali foi deposto, depois de estar no poder 23 anos, na Tunísia, o país vive hoje uma ebulição de iniciativas cidadãs que estavam antes silenciadas pelo antigo regime. Neste artigo activistas tunisinos demonstram que a luta é continua.

    Cabo Verde: Uma oportunidade única de eleger uma mulher como chefe do Governo

    Carla Carvalho*

    2016-01-22, Edição 89


    Janira Hopffer candidata-se ao cargo de primeira-ministra em Cabo Verde. Ao ser eleita, será a primeira mulher a ocupar o cargo de chefe do governo na história pós-colonial de Cabo Verde. Será essa a oportunidade para quebrar o tradicional "dejá vu" e provar ao mundo que, em Cabo Verde, paridade de género não é apenas uma questão de discurso politicamente correcto?

    Guiné Bissau: Sociedade Civil apela à observação das leis e ao funcionamento das instituições

    Comunicado de Imprensa - Movimento Nacional da Sociedade Civil para a Paz, Democracia e Desenvolvimento

    2016-01-22, Edição 89


    Num momento em que, uma vez mais, as tensões políticas agudizam-se na Guiné Bissau, o Movimento Nacional da Sociedade Civil para a Paz, Democracia e Desenvolvimento apela, num comunicado de imprensa, às autoridades guineenses a observar as leis e a manterem o normal funcionamento das instituições constitucionalmente estabelecidas.

    Moçambique: riqueza e miséria de mãos dadas, a segunda alimentando a primeira

    Teresa Cunha e Boaventura Monjane

    2016-01-20, Edição 89

    Apesar da desaceleração actual, Moçambique está a viver um ciclo de crescimento económico inédito e as profecias do FMI anunciam um futuro ainda animador. Mas o que isso significa para a maioria dos moçambicanos e moçambicanas? A resposta não é agradável: riqueza e miséria, a segunda alimentando a primeira sempre à custa da justiça.

    Brasil: Fórum Social Temático comemora 15 anos em Porto Alegre

    Agência Brasil | Brasil de Fato

    2016-01-22, Edição 89


    cc AB
    O fórum temático no Brasil é preparatório à edição mundial do evento que ocorrerá em Montreal, no Canadá, entre os dias 9 e 14 de agosto, o primeiro a ser realizado no Hemisfério Norte.

    Angola: Os riscos políticos da crise económica

    Sérgio Manuel Dundão*

    2016-01-22, Edição 89

    A crise financeira e económica que assola Angola, devido, sobretudo, à descida do preço do barril de petróleo no mercado internacional, agrava a situação já árdua dos angolanos, principalmente os de baixa renda. Esta crise surge num contexto desfavorável para o regime de José Eduardo dos Santos, no que se refere à sua reputação e credibilidade política a nível internacional. A prisão, considerada infundada, dos 15 jovens activistas foi talvez a gota que transbordou o copo e quebrou o silêncio que caracterizava os cidadãos angolanos, os quais, através das redes sociais tem actualmente criticado severamente o regime.

    Moçambique: Um Ano Sem Nyusi

    Fredson Guilengue

    2016-01-22, Edição 89


    cc GG AFP
    Um ano depois do actual presidente da República de Moçambique assumir o cargo, ainda são marginais as transformações por ele prometidas de tal forma que o contexto político, social e económico que Moçambique atravessa actualmente revela-se uma extensão do contexto anterior. Porém, é provável que Nyusi tenha ainda a expectativa popular do seu lado. Urge, então, pôr em marcha, enquanto houver tempo, as necessárias transformações ao nível do estado e do governo que resultem no alargamento da sua capacidade de imprimir manobras com impacto na paz e no bem-estar dos cidadãos.

    Cristofobia: a propósito de mais uma baboseira nacional

    Luiz Cládio Pereira

    2015-06-22, Edição 87


    cc MA
    Diz-se, desde que me conheço por gente, que o Brasil é um país a ser observado. Somos um laboratório e, portanto, lugar de gestão do novo em velho, e do velho em novo. Assistimos agora, por exemplo, o embate entre sistema de crenças e sistemas de valores, fruto tardio de uma passagem crítica de um mundo rural limitado para um mundo urbano, amplo e inclusivo. Desta fricção erigimos possivelmente nossa nova paisagem moral, e dela decorrerá parte da dinâmica de nosso sistema cultural no futuro.

    No Brasil, intolerância religiosa nega e tenta inibir cultura mestiça

    Marcela Belchior

    2015-06-22, Edição 87


    cc HP
    Discriminação e ataques recaem, principalmente, sobre religiões de ancestralidade africana. Doutor em Ciências Sociais discorre sobre pluralidade e os preconceitos movidos a interpretações da fé.

    Nossa língua africana

    Yeda Pessoa de Castro

    2015-06-22, Edição 87


    cc AM
    “A proximidade entre o português arcaico e as línguas do grupo banto resultou no português que falamos hoje”. Entrevista com a professora Yeda Pessoa de Castro.Em Angola, ela é Yeda “Mun-tu” Castro. Na Nigéria, é Yeda Pessoa “Olobumim” Castro. Vem de longe a relação da etnolinguista e professora da Universidade do Estado da Bahia com a cultura africana. Ainda criança, em Feira de Santana, Yeda viu-se com o desejo de decifrar a incompreensível língua falada pelos negros. Desejo que a levou a desbravar um caminho em tudo pioneiro: mestrado na Nigéria, doutorado no Zaire e a descoberta de uma herança linguística fundamental para o português falado no Brasil.

    A Intolerância Religiosa que mata na Bahia: “queima satanás, liberta senhor, destrói a feitiçaria”.

    Marcelo Ferrão

    2015-06-22, Edição 87


    cc GD
    Mãe Dede não faleceu de morte natural. Foi assassinada, de forma premeditada e cruel.A ialorixá mais idosa de Camaçari, foi mais uma vítima da crescente intolerância religiosa que contamina o país. Tudo começou há cerca de um ano, quando a bendita “Casa da Oração” resolveu instalar-se nas proximidades do terreiro de candomblé.

    Não, não nos silenciarão

    Kelly X. Madaleny

    2015-06-22, Edição 87

    Dos casos de intolerância religiosa que tem sido denunciados nos últimos tempos, o que mudou? Será que nunca foi assim, e agora que determinados grupos resolveram iniciar uma batalha entre o bem e o mal? Vejo pessoas interferindo neste contexto de forma pessoal, como se nossas denúncias fossem nomeadas, tivessem endereço, telefone e até CPF.

    A hipocrisia contra as religiões de matriz africana foi sacrificada

    Djamila Ribeiro

    2015-06-22, Edição 87

    A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul derrubou, em 28 de maio, um relatório favorável ao projeto de lei que proíbe o sacrifício de animais em rituais religiosos, de autoria da deputada Regina Becker (PDT). No último dia 12, a decisão foi reafirmada. A mesma CCJ aprovou um parecer contrário ao projeto, considerado inconstitucional, uma vez que a Constituição diz ser “inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias”.

    O rap e o ativismo pelos direitos humanos em Angola

    Susan de Oliveira

    2015-05-28, Edição 86


    c c GF
    O rapper MC Kappa (MCK) é uma voz que fala diretamente aos angolanos pobres e excluídos. As suas letras estão carregadas de interpelações aos cidadãos e ao governo, fazendo denúncias das injustiças sociais e da violência policial. Um trecho da biografia de MCK, no blog “MCK…Respeita”, dá conta da sua visão sobre o caráter do rap: “’A música é um instrumento de luta’, prega na abertura do álbum Nutrição Espiritual (2006), o segundo da sua carreira.

    UNITA desmente e acusa generais de "má-fé"

    Lusa

    2015-05-28, Edição 86


    c c IGR
    Além do julgamento que decorre em Luanda, em Portugal decorre um processo judicial movido pelos mesmos generais angolanos contra Rafael Marques, autor do livro Diamantes de Sangue publicado em 2011 pela editora Tinta da China.

    Nunca fomos cordiais

    Wedencley Alves

    2015-05-28, Edição 86


    c c AG
    Hoje, mais cedo, um querido amigo me chamou a atenção para uma matéria da Folha, onde Manuel Castells afirma que não é a internet que nos faz violentos. Mas o próprio país, que tem um histórico longo de violências. Ele tem razão, mas não precisava, comentei, um estrangeiro nos dizer isso.

    Vivemos um caos na educação de São Gonçalo

    Andre Vieira

    2015-05-28, Edição 86

    São Gonçalo é o segundo maior município do estado do Rio de Janeiro com mais de um milhão de habitantes, atrás apenas da capital. Embora grande, a educação na cidade vive uma crise, segundo denuncia o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação no RJ (Sepe-RJ). Reunidos em assembleia na última terça-feira (12), cerca de 250 profissionais de educação decretaram greve por 72h a partir da próxima segunda-feira (18).

    Afinal Quem é o Corrupto?

    Willy Piassa

    2015-05-28, Edição 86

    Foi com um olhar de esperança que vi um país da África sub sariana, Botswana, colocado no 31o lugar da lista dos países mais transparentes do mundo relativamente ao ano de 2014. Esta posição mostra o caminho e as escolhas que a sociedade tswanesa tem feito ao longo dos seus mais de 50 anos de vida como nação independente

    Luandino Vieira faz 80 anos

    Vários

    2015-05-20, Edição 85


    cc TN
    São 80 anos de uma grande e complexa história de vida onde a literatura é parte substancial. Nascido em Ourém (Portugal) viria a lutar convictamente pela independência de Angola. Foi preso político no Tarrafal em 1964, saindo a 1972, com residência vigiada em Lisboa. No regresso a Angola onde não lhe faltou acesso a importantes cargos: director da Televisão Popular de Angola (1975-1978), director do Departamento de Orientação Revolucionária do MPLA (1975-1979) e do Instituto Angolano de Cinema (1979-1984) e ainda secretário-geral da União dos Escritores Angolanos. Na sequência das eleições de 1992 e regresso da guerra civil, escolhe viver no norte de Portugal, Vila Nova De Cerveira. Em 2006 recusava o maior galardão literário da língua portuguesa: o Prémio Camões. Tem a editora Nossomos através da qual se entusiasma a publicar poetas angolanos.

    Racismo na infância: o dia em que minha mãe mudou a minha vida

    Tatiane Pereira de Souza

    2015-05-20, Edição 85


    cc ORP
    Não escolhi estar na educação à toa, trabalhar a favor da diversidade e da equidade social e racial na escola foi uma escolha intencional e política, cuidadosamente educada e instruída pelos livros, mas sobretudo pelo exemplo e militância da minha mãe Maria Abadia Ferreira da Costa.

    Docente Nuno Alvaro Dala entre os detidos no dito caso.

    José Patrocício

    2015-06-29, Edição 85


    cc PZ
    "Quando o pensamento se torna um crime escrever e falar transformam-se num acto heróico", FG. A verdade é que o docente universitário e investigador Nuno Álvaro Dala é o número dois da suposta causa da detenção dos REVÚS. Tudo (como bem sei e espero não estar enganado) terá surgido dele mesmo quando depois de uma palestra numa das universidades privadas do país abordou ao Domingos da Cruz, seu colega e um dos escritores mais críticos e frontais dos últimos anos, que os jovens do movimento revolucionário e demais angolanos que possuem uma postura filosófica coerente com a realidade do país precisavam ser submetidos a uma palestra ou debate sobre a mais acertada via de libertação de Angola.

    Ativistas detidos em Angola têm de ser imediatamente libertados

    Anistia Internacional

    2015-06-29, Edição 85

    As autoridades angolanas têm de libertar imediatamente e de forma incondicional os ativistas que foram detidos em Luanda no passado sábado, 20 de junho, sustenta a Amnistia Internacional entendendo que a detenção destes ativistas é um estratagema para suprimir as vozes dissidentes e a liberdade de reunião pacífica no país.

    Acusação contra activistas é uma aberração

    Raul Tati

    2015-06-29, Edição 85


    cc EM
    A acusação do regime angolano contra os 15 jovens detidos há uma semana e acusados de preparar um atentado contra o Presidente da República é “uma aberração”, considera o activista de Cabinda Raul Tati. Em entrevista à agência Lusa, em Lisboa, onde se encontra a fazer doutoramento, Raul Tati comentou a detenção dos 15 jovens detidos, no sábado passado, em Luanda, e a acusação do Ministério Público de que estariam a preparar um atentado contra o Presidente da República e outros membros dos órgãos de soberania. O grupo ficou em prisão preventiva, “por inconveniência da liberdade provisória”.

    Anterior | 1-30 | 31-60 | 61-87 | Próximo

    ISSN 1753-6839 Pambazuka News English Edition http://www.pambazuka.org/en/

    ISSN 1753-6847 Pambazuka News en Français http://www.pambazuka.org/fr/

    ISSN 1757-6504 Pambazuka News em Português http://www.pambazuka.org/pt/

    © 2009 Fahamu - http://www.fahamu.org/