PambazukaAtravés das vozes dos povos da África e do Sul global, Pambazuka Press e Pambazuka News disseminam análises e debates sobre a luta por liberdade e justiça.

Assine

Assinar gratuitamente!



Doações

Monitor da União Africana

Este site foi criado por Fahamu para fornecer um feedback freqüente às organizações da sociedade civil africana sobre o que está acontecendo na União Africana.

Taxas para vagas de publicidade no Pambazuka News

As taxas mostradas abaixo são para um anúncio de quatro semanas no ar

Banda A - Entidades de caridade, ONGS e Organizações sem-fins lucrativos com um movimento de caixa menor de $200,000: $50.00
Banda B - Entidades de caridade, ONGS e Organizações sem-fins lucrativos com um caixa entre $200,000 - $1,000,000: $150.00
Banda C - Entidades de caridade, ONGS e Organizações sem-fins lucrativos com um caixa maior que $1,000,000: $350.00
Banda D - Empresas do governo ou do setor privado: $500.00

Para postar um anúncio, mande um e-mail para: info [at] fahamu [dot] org.

Estamos dispostos dispensar das taxas as organizações sem-fins lucrativos da África com um orçamento limitado.

Pambazuka Press

Food Rebellions! Food Rebellions! Crisis and the hunger for justice Eric Holt-Giménez & Raj Patel.

Food Rebellions! takes a deep look at the world food crisis and its impact on the global South and under-served communities in the industrial North. While most governments and multilateral organisations offer short-term solutions based on proximate causes, authors Eric Holt-Giménez and Raj Patel unpack the planet's environmentally and economically vulnerable food systems to reveal the root causes of the crisis.

Visit Pambazuka Press

Faça Doação Para Ajudar Ao Pambazuka Continuar!

Ajude-nos a garantir que os assinntes do Pambazuka News o receba gratuitamente: cada $5.00 ajuda a garantir a assinatura por um ano. Por isso, doe generosamente para que o melhor newsletter africano para justiça social chegue onde ele é necessário.

del.icio.us

Visite Pambazuka News@del.icio.us. Nossa página no site Del.icio.us social bookmarking.

Creative Commons License
© A menos que indicado, todo material está licenciado sob o título Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Unported.

Artigos Principais

Charlie Hebdo: Uma reflexão difícil

Boaventura deSousa Santos (2015-01-19)


cc BCN
O crime hediondo que foi cometido contra os jornalistas e cartoonistas do Charlie Hebdo torna muito difícil uma análise serena do que está envolvido neste ato bárbaro, do seu contexto e seus precedentes e do seu impacto e repercussões futuras. No entanto, esta análise é urgente, sob pena de continuarmos a atear um fogo que amanhã pode atingir as escolas dos nossos filhos, as nossas casas, as nossas instituições e as nossas consciências. Eis algumas das pistas para tal análise.

Os engraçadinhos

Shailja Patel (2015-01-19)


cc ABI
Tirinhas de estupro são engraçadas caso seja inconcebível que você pudesse ser um dia estuprado. Se você vive numa bolha de privilégios de gênero que te insula de todas as conseqüências de uma cultura do estupro.

Por que matamos tantos jovens negros no Brasil?

Ana Paula Pelegrino (2015-01-19)


cc UA
O ano de 2013 marcou os 20 anos de dois tristes episódios da história recente: as chacinas de Vigário Geral e da Candelária. O que elas tiveram em comum? Em rompantes de violência extrajudicial, policiais militares mataram inocentes, muitos deles jovens. Ambas são expoentes trágicos de um problema cotidiano.

A supremacia Branca e o Central Park 5

Glen Ford (2014-07-21)


cc WP
Apesar de o prefeito de Nova York Bill de Blasio ter acordado 40 milhões de dólares com o caso Central Park 5, em que foram injustamente presos por estupro brutal, o ex-prefeito Michael Bloomberg insiste que a polícia agiu de "boa fé". "Em uma sã, não -racista da sociedade, o fato de que cinco crianças inocentes tinham sido feitas a confessar um crime horrível que não cometeram seria visto como um caso prima facie de má conduta policial. "

Carlos Lopes em entrevista sobre democracia em Cabo Verde

Carlos Lopes (2014-07-21)


cc EO
Na passada sexta-feira, o secretário-geral adjunto da ONU, o guineense Carlos Lopes, falou pouco mais de meia hora no II Fórum Nacional de Transformação e provocou um sismo cujas ondas de choque ainda hoje se sentem em Cabo Verde. Apontou as três questões que considera fracturantes para o arquipélago: uma democracia polarizada e lenta a tomar decisões, um excesso de tradição jurídica e os perigos da descentralização desmedida. Desconstruiu os pólos de desenvolvimento: cluster do mar a competir com grandes investimentos na costa africana, hub aéreo com oportunidades perdidas, praça financeira dependente dos bancos portugueses “e preguiçosos” porque preferem a segurança do investimento em títulos do tesouro à capitalização do sector privado.

Comentários e análises

A violência no Brasil tem cor.

Atila Roque (2015-01-19)


cc CC
Cinco jovens foram assassinados em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense: um com 12 anos, um com 14, um com 15 e dois com 18. Um sexto jovem, com 12 anos, sobreviveu à tentativa de homicídio. Eram seis jovens, mas este crime não mereceu destaque em nenhum jornal, tampouco o pronunciamento de nenhuma autoridade.

Precisamos conversar sobre a Nigéria

Mauricio Santoro (2015-01-19)


cc RT
A enorme repercussão internacional dos atentados de janeiro de 2015 que resultaram em 20 mortos na França tem levado a questionamentos sobre a falta de atenção a outros casos graves de violência política-religiosa, como os ataques do Boko Haram na Nigéria. Na mesma semana em que o mundo parou para acompanhar os massacres em Paris, o grupo nigeriano realizou uma carnificina ao ocupar a cidade de Baga, na qual podem ter assassinado até 2 mil pessoas, além de raptar mulheres e meninas.

Lesbofobia e mulheres negras

Rebecca Nascimento (2014-07-21)


cc BP
Tudo que nos coloca fora do duvidoso padrão vigente é considerado errado, mas para mulheres lésbicas e negras as coisas acontecem de um jeito bem pior. O corpo é meu, junto com minha identidade e minha orientação, mas certamente não é fácil ser lésbica e negra na sociedade racista, patriarcal e consequentemente machista.

Vozes d´África

Jaime Sodré (2014-07-21)


cc MA
A África clama por um novo olhar. Mulheres Africanas – A Rede Invisível é um filme de Carlos Nascimbeni que aborda cinco mulheres marcantes na história deste continente.

Crime Organizado: nova e séria ameaça ao estado moçambicano

Pedro Júnior (2014-06-19)

Os verdadeiros perigos e as ameaças actuais são aqueles que durante muito tempo não foram vistos ou não se quis vê-los, ou ainda se desprezaram ou não se dá devida atenção. Se quisermos ser mais radicais, fingiu-se, por algum motivo, que não existiam.

ISSN 1753-6839 Pambazuka News English Edition http://www.pambazuka.org/en/

ISSN 1753-6847 Pambazuka News en Français http://www.pambazuka.org/fr/

ISSN 1757-6504 Pambazuka News em Português http://www.pambazuka.org/pt/

© 2009 Fahamu - http://www.fahamu.org/